Entrevista com Deus.
Varina Pachiana

Com meu diploma de jornalista recém obtido, decidi realizar uma grande entrevista. Fui ao senhor de todas as verdades. "Entre", me disse Deus.
"Então me queres entrevistar?". Sim, se tendes tempo", respondi. Ele concedeu em silêncio. "Que pedirieis a seus filhos para compreenderem melhor a vida?" As respostas vieram encadeadas:

- Que aprendam que não podem fazer com que alguém os ame. O que podem é deixarem-se amar.

- Que aprendam que leva anos para construir a confiança, e apenas alguns segundos para destruí-la.

- Que aprendam que o mais valioso não é o que têm em suas vidas, mas a quem têm em suas vidas.

- Quem aprendam que não é bom comparar-se com os outros, pois sempre haverá alguém melhor ou pior que eles.

- Que aprendam que rico não é o que mais tem, senão aquele que menos necessita.

- Que aprendam que devem controlar suas atitudes, senão suas atitudes os controlarão.

- Que aprendam que bastam uns poucos segundos para produzir feridas profundas nas pessoas que amamos e que podem tardar muitos anos para serem curadas.

- Que aprendam que praticando se aprende a perdoar.

- Que aprendam que há gente que os quer muito, mas simplesmente não sabe como demonstrá-lo.

- Que aprendam que às vezes, quando estão aborrecidos, têm o direito de assim estar. Porém isso não lhes dá o direito de aborrecer os outros.

- Que aprendam que amigos de verdade são escassos, e quem encontra um encontra um verdadeiro tesouro.

- Que aprendam que os grandes sonhos não precisam de grande asas, senão de um seguro trem de aterrizagem para realizá-los.

- Que aprendam que nem sempre é suficiente ser perdoado pelos outros, às vezes devem perdoar a si mesmos.

- Que aprendam que a verdadeira felicidade não é atingir as metas, apenas ser feliz com o que possuem.

- Que aprendam que a felicidade não é questão de sorte , senão produtos de suas decisões. Que decidam ser felizes com o que são e têm ou morrer de inveja e ciúme pelo que lhes falta e desejam.

- Que aprendam que, sem importar as consequências, aqueles que são honestos consigo mesmos vão longe na vida.

- Que aprendam que apesar de pensarem que não têm nada para dar, quando um amigo chora em seus ombros encontram a fortaleza para vencer suas dores.

- Que aprendam que segurar à força as pessoas que amam as afasta mais rapidamente deles . E ao deixá-las ir, as coloca para sempre próximas.

- Que aprendam que amar e querer não são sinônimos, mas antônimos: o querer exige tudo; o amar entrega tudo.

(Colaboração de Varina Pachiana, 14 anos, Rosário, Santa fé, Argentina, via Internet. Traduzido do espanhol em versão livre)