< Voltar para o jornal do dia

Edição de 27 de fevereiro de 1999.




Paraná levanta, os outros cortam.

O governador do Paraná, Jaime Lerner, ainda não acertou o passo para tirar o estado da periferia política. Falta ganância política, aquela garra boa que dá aos atos um peso e uma medida. Enquanto não se decide, vai na esteira dos outros . Devagar e sempre?

A fachada da Prefeitura de Curitiba esconde uma administração hábil e calada. O prefeito Cassio Taniguchi elegeu o silêncio como de ouro. Sabe que é senhor do que cala. Fala pelos atos . Neste sábado, inaugura o prolongamento da Av. Getúlio Vargas, batizada com o nome do ex-prefeito da cidade, Maurício Fruet, adversário político de seu grupo , mas reverenciado na memória de Curitiba. Fortuna e Virtude agradece o convite do deputado federal Gustavo Fruet , herdeiro político do pai , para a cerimônia. Gustavo agradece " a generosidade da cidade de Curitiba" , e compartilha o acontecimento com todos os que "trilharam o caminho da democracia e da liberdade , acreditando que as boas causas não se esgotam em uma geração".





A impetuosidade da imprensa na cobertura de fatos extremados, como crimes que traumatizam a opinião pública, pode afetar o discernimento jurídico?