Matérias Anteriores -


Matérias anteriores ao meses disponíveis, poderão ser fornecidas através de solicitação e-mail.

De Dezembro de 98 a Maio de 99.

Os pequenos vão decidir o futuro prefeito de Curitiba?
Não está fácil para Cassio Taniguchi, prefeito de Curitiba, conseguir a reeleição. Ele ficará nas mãos do PSDB, e do político mais hábil do Paraná, o senador Álvaro Dias, para ter uma garantia de saída para a vitória. Enquanto isso, os pequenos partidos - que esperam crescer após a reforma eleitoral - tratam de lançar candidatos próprios, numa tentativa de levar as eleições de 2000, na capital, para um segundo turno.
28 de junho de 1999

Governo do estado, o falido que todos querem
Até o momento cinco nomes já se alinham para disputar o governo do Paraná, na sucessão de Jaime Lerner - um grupo que começa a ter a perigo a hegemonia política - esperando melhorar ou clarear as chances para a vitória nas eleições de 2002. Dois senadores, um ministro, a vice-governadora e o prefeito de Curitiba, que ainda tem de passar pela sabatina da reeleição. É negócio para ser tratado desde agora.
28 de junho de 1999

Internet, vigorosa subversiva.
Os sites dos três poderes constituídos brasileiros estão desprotegidos. Os piratas da internet avançaram através deles. Atenta, segmentada, propulsora de reformas, a internet é uma subversiva desde que foi apresentada ao mundo. Aberta e ainda secreta, a linguagem eletrônica vai, aos poucos, imprimindo uma nova postura em todos os setores. Na política, a internet pode, e só ela pode, acabar com as deformações.
19 de junho de 1999

Quando brigam as comadres...
Ministro que não der conta do recado político não fica no governo, disse o presidente da República, quando assumiu o segundo mandato e fez algumas mudanças no ministério.
12 de junho de 1999

Quem diria, o governo é do povo.
Os brasileiros procuram agora seu caminho sem o apoio político. Uma prática comum em países desenvolvidos, mas até hoje desconhecida da população brasileira.
06 de maio de 1999

Affonso Camargo, o deputado, soma com Deepak Chopra, médico indiano, para ensinar Vida Saudável.
O deputado Affonso Camargo surpreendeu os deputados na Câmara Federal fugindo, em seu discurso comemorando os 70 anos, dos temas pesados que atingem o país.
01 de maio de 1999

Brasil, pretérito imperfeito
O Brasil é o país do futuro sempre postergado. Os governos assumem com um pacote de intenções e se embaraçam com as inúmeras dificuldades.
24 de abril de 1999

O preço da ambição política
Enquanto os partidos políticos negociam os mandatos dos eleitos no ano passado , e o jogo de interesses norteia as escolhas , a reforma eleitoral está esquecida em Brasília , presente apenas na boca dos que precisam de mudanças maiores do que as que acomodem conveniências políticas.
21 de abril de 1999

Lerner e o retorno aos anos setenta.
O governador Jaime Lerner serve a tantos senhores que acabou retornando ao início de sua carreira política.
10 de abril de 1999

O governo não quer repartir
A vice-governadora Emília Belinati não está confortável na função.
1 de abril de 1999

Brilho, luzes, câmeras , ação
O Jaime Lerner redescobriu a alma do negócio. Fez do enfadonho horário eleitoral gratuito palanque de campanha publicitária na medida. Mostrou o Paraná como único estado laborioso nesse breu em que se transformou o Brasil.
27 de março de 1999

Uma reforma para abafar outra.
Quem acredita na reforma tributária? A imprensa convencional vai publicar ,a partir de hoje, os solenes passos da Câmara Federal na análise, e posterior votação, de uma reforma que deveria estar pronta desde o primeiro mandato do governo Fernando Henrique.
24 de março de 1999

Quem cala , consente.
A reforma tributária é a bola da vez na Câmara Federal.
25 de março de 1999

O porta-voz da incapacidade.
A semana foi ocupada com a polêmica entre o poder Legislativo, encabeçado pelo senador Antonio Carlos Magalhães, e o poder Judiciário, ameaçado de ir parar no banco dos reús.
20 de março de 1999

Álvaro e Rafael dividem a noite.
Dois dos declarados pretendentes ao Palácio Iguaçu, sede do governo do Paraná, estiveram ontem à noite (12 de março) movimentando seus seguidores.
13 de março de 1999

Estrada do Colono continua . "Às favas com a Unesco".
Em comentário solto e ousado, o diretor-presidente da Televisão Iguaçu, Canal 4, ex-governador Paulo Pimentel, resolveu colocar os pingos nos is na questão da Estrada do Colono, fechada por ordem judicial desde 1986 e reaberta à revelia por habitantes da região da fronteira Oeste-Sudoeste do Paraná.
02 de março de 1999

Paraná levanta, os outros cortam.
O governador do Paraná, Jaime Lerner, ainda não acertou o passo para tirar o estado da periferia política. Falta ganância política, aquela garra boa que dá aos atos um peso e uma medida. Enquanto não se decide, vai na esteira dos outros . Devagar e sempre?
24 de fevereiro de 1999

Curitiba e São José: gêmeas em elogios.
Ligadas pelos investimentos industriais, São José dos Pinhais e Curitiba têm problemas que pesam na balança administrativa.
18 de fevereiro de 1999

Política: A princesa e o sapo.
A disputa pelo poder entre o governador Jaime Lerner e sua vice-governadora, Emília Belinati, está implícita num conto de fadas onde os personagens não têm identidade.
11 de fevereiro de 1999

O Presidente retoma seu lugar.
Ao concordar em receber os governadores de oposição - o grupo dos sete que movimenta o noticiário político há um mês - em conjunto com os demais da federação, uma saída que não compromete a autoridade - o presidente Fernando Henrique volta atrás e dá um passo à frente para melhorar a imagem junto à opinião pública.
10 de fevereiro de 1999

A causa própria atropela a causa pátria.
O governo age como Nero, menosprezando os adversários e tocando harpa enquanto a economia brasileira oscila a cada embate político. O que falta ao Presidente para concluir que a hora é imprópria para se esquivar?
09 de fevereiro de 1999

Estrada do Colono tem no ministro Rafael Greca, do Turismo, o aliado.
Comparando a Estrada do Colono - que une o Oeste e região fronteira Sudoeste do Paraná - à Estrada da Graciosa , um trajeto centenário que liga o Planalto curitibano ao Litoral , o ministro do Turismo, Rafael Greca, reclamou que quer a abertura definitiva dos 18 quilômetros "sub judice" dentro do Parque Nacional do Iguaçu.
05 e 06 de fevereiro de 1999

Passageiros da montanha-russa.
A imprensa argentina, país altamente afetado pelo fim da estabilidade financeira do Brasil , tem por hábito avaliar por diversos ângulos os fatos que comprometem a realidade .
02 de fevereiro de 1999

O túnel do tempo.
O mal brasileiro é que as boas intenções políticas duram muito pouco.
26 de janeiro de 1999

Os ponteiros da vaidade.
Já passou da hora, já perdi a hora, não é mais hora. São frases banais que se ouvem todos os dias quando alguém se dá conta de que perdeu a oportunidade.
26 de janeiro de 1999

Governadores assumem o poder.
Itamar primeiro, Lerner e Garotinho depois, Amin correndo por fora, todos resolveram ressuscitar a ordem federativa brasileira.
23 de janeiro de 1999

Paraná, um estado descansado.
O governo do Paraná manteve quase todos os antigos secretários . Com isso, algumas surpresas. Em plena crise tem secretário em férias.
21 de janeiro de 1999

Paraná, um Brasil diferente.
O governador Jaime Lerner é um administrador de idéias espertas e ações políticas lentas.
19 de janeiro de 1999

O jogo de empurra da dívida do Paraná.
As dívidas dos estados brasileiros. A do Paraná é de 520 milhões de reais, pagável em 30 anos. E mais não se diz sobre isso. De onde, como, quando, quem, o quê .
14 de janeiro de 1999

A reflexão de quem sabe
Voltemos à palestra do jornalista Tomás Eloy Martinez.
09 de janeiro de 1999

Um ministro sob medida para a crise
O Paraná parece disposto a fazer alarido. Vestido na pele do PFL, uma indumentária com a cara do Brasil precavido dos dias atuais , o estado governado por Jaime Lerner vai brilhar através do seu ministério conseguido a duras penas em Brasilia.
07 de janeiro de 1999

Fortuna e Virtude recebe presente de Natal
Entre duas dezenas de mensagens cumprimentando a estréia de um novo informativo com opinião , a satisfação por ter, uma delas, tido o trabalho de avançar além da cortesia , validando a iniciativa, ainda embrionária, de uma nova forma de comunicação.
06 de janeiro de 1999

Quatro ambições planejam o futuro
A fartura de nomes para disputar o governo do Paraná, em 2002, é uma vantagem para o estado.
24 de dezembro de 1998

O Papai Noel de Fernando Henrique
Rafael Greca vai surpreender o presidente da República.
24 de dezembro de 1998

E se alguém soltar o elástico?
A monotonia que pode custar caro em curto prazo.
22 de dezembro de 1998

Até quando um Paraná sem identidade?
O estado não tem parceiros fortes.
22 de dezembro de 1998

Bueno defende reforma, mas com voto obrigatório.
Novos apoios vão ajudar a tornar Brasilia uma aliada.
19 de dezembro de 1998

Brasilia não está nos planos de Gabardo.
Ele prefere preparar o PSDB do Paraná para as eleições de 2000.
19 de dezembro de 1998

Criar mais empregos, desafio para Alex.
Deputado federal eleito, Alex Canziani conta seus projetos para o futuro mandato.
18 de dezembro de 1998

Aprendendo a multiplicar votos.
O jovem Belinati vai guardar o diploma de engenheiro.
18 de dezembro de 1998